História

O Programa de Pós-Graduação em Patologia Molecular (PPGPM - 53001010031P6) da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília criado em 1988 e reestruturado em 1995, conforme orientação da CAPES. Está inserido na área de avaliação Ciências Biológicas III da CAPES com Conceito 6 de acordo com a última avaliação quadrienal realizada, na transição de 2017 para 2018.

O PPGPM visa uma abordagem multidisciplinar para diferentes problemas relacionados à saúde. Dentre as 3 áreas de concentração do programa, encontram-se 3 linhas de pesquisa relacionadas às doenças crônicas e infeciosas contemporâneas, especificamente das bases moleculares da resposta imune inata, adquirida e metabólica assim como da interação parasito-hospedeiro com ênfase no estudo da biologia de parasitas e vetores de doenças tropicais. Em todos esses aspectos, a atuação dos professores e pesquisadores do programa visa a compreensão de seus mecanismos associados a essas patologias e o desenvolvimento de novas moléculas terapêuticas, bem como o melhoramento de métodos diagnósticos. As áreas e linhas de pesquisa do PPGPM são:

1-    Área Imunologia: Linha de pesquisa “Avaliação do sistema imunitário e diagnóstico de doenças”.

2-    Área Bioquímica: Linha de pesquisa “Bioquímica e biologia celular aplicadas a saúde”.

3-    Área de Genética: Linha de pesquisa “Genética humana e de microrganismos”.

Atualmente, o PPGPM conta com maioria de docentes bolsistas de Produtividade do CNPq, sendo 23 do núcleo permanente (da Faculdade de Medicina, Faculdade de Ciências da Saúde e do Instituto de Ciências Biológicas da UnB), 4 colaboradores (da UCB e UFG) e um pesquisador visitante. A Internacionalização da pesquisa e da formação de pesquisadores é muito valorizada pelo programa. A grande maioria dos professores orientadores tem atualmente colaborações internacionais com pesquisadores estrangeiros.

O PPGPM recebe alunos graduados oriundos de diferentes estados do País e estrangeiros, mas principalmente da região Centro-Oeste, demonstrando sua importância na consolidação do desenvolvimento tecnológico e científico da região e reforçando o seu impacto na internacionalização da pesquisa. O PPGPM conta com cerca de 75 estudantes matriculados nos cursos de mestrado e doutorado, sendo que, a cada ano, em torno de 10 estudantes de cada curso se formam.

A infraestrutura laboratorial é periodicamente aperfeiçoada com a aquisição de novos equipamentos adquiridos a partir de recursos obtidos em editais das agências de fomento nacionais FINEP, CAPES e CNPq, bem como da FAPDF.

A principal missão do PPGPM é capacitar mestres e doutores, com diferentes formações nas áreas de Ciências da Vida, contribuindo significativamente para a produção de novos conhecimentos científicos, diminuindo as assimetrias existentes entre a região Centro-Oeste e o Sul-Sudeste do País, primando pela excelência na área de desenvolvimento científico.

Com o objetivo de melhorar a formação e a divulgação científica das pesquisas realizadas pelo seu corpo docente e discente, o PPGPM realiza, desde 2015, o Simpósio Anual do Programa. Este evento possibilita a interação da comunidade do PPGPM com cientistas de renome mundial nas áreas de atuação, bem como a difusão do conhecimento científico gerado pelos trabalhos conduzidos pelos docentes e discentes do Programa, além de estimular o interesse pela ciência nos estudantes dos cursos de graduação.

Topo
Faculdade de Medicina - Universidade de Brasília-UnB - Campus Universitário Darcy Ribeiro - Asa Norte-Brasília-DF Brasil - CEP: 70.910-900
Fone: 55 (61) 3107.1913 E-mail: pgfm@unb.br
Copyright © 2019 - 2021